Educação infantil: muito mais do que o brincar

Posted By on mar 19, 2015 | 0 comments


Educação infantil: muito mais do que o brincar

educação-infantil

Muito se discute sobre a importância da educação infantil para o processo de aprendizagem das crianças. Desde 1988 de acordo com a Constituição Federal, o Estado é responsável pela educação infantil. A Educação Infantil é vista muitas vezes como algo não importante pelos pais. Alguns acham que esta fase é apenas para brincar.

Mas é muito mais. O brincar pode desenvolver outros processos tão importantes para o amadurecimento da criança. A educação infantil pode até ser mais importante do que um curso superior, pois a educação infantil prepara a criança para outras etapas como adolescência.

O que compreende a educação infantil?

A educação infantil é o processo em que a criança começa a ir à escola, onde a mesma pode encontrar diversas formas de brincar, explorando um mundo novo junto com outras crianças. Ela compreende a fase dos 0 a 5 anos.

A educação infantil faz parte de um processo pedagógico importante na sociedade e para o crescimento e desenvolvimento da criança. Nesta fase é preciso respeitar as fases maturacionais da criança, expandir sua curiosidade, fortalecer o convívio familiar, e incentivar ela em participar das atividades escolares, ressaltando a importância da escola e sua participação para o desenvolvimento da sociedade.

A educação infantil é muito mais do que simples brincar, ou chamar as professores de tia, participar de atividades para o dia das mães, pais e crianças. Envolve todo um processo de brincar, participar, compreender, partilhar e viver em conjunto com outras crianças.

educação infantil

A importância da infância

A infância é uma etapa importante da criança. Nesta fase ela estabelece um desenvolvimento físico, intelectual e emocional. É fundamental que os pais estejam dispostos a ajudar nesta fase do desenvolvimento, brincando e interagindo.

É nesta fase também que os pais além de impor limites e respeito precisam cuidar o que se passa com aos filhos. Brincadeiras de mau gosto, palavrões e ofensas podem deixar sequelas para o resto da vida, causando para criança uma insegurança.

A fase da infância não pode ser vista como uma fase onde a criança apenas brinca, não entende e compreende o mundo. É preciso dar atenção, pois na infância a criança esta atenta a tudo. Por isso, os pais precisam estar atentos a esta fase, lhes dando carinho, participando do seu desenvolvimento e ter paciência sobre qualquer atitude, explicando com carinho o que deve e não deve ser feito.

Educação infantil: desafios

Por mais que muitas crianças frequentam a educação infantil, existem muitos desafios. Ensinar valores, se alimentar de forma saudável, impor regras e limites, tudo com supervisão dos professores. Para que eles não se sintam sobrecarregados é importante ter mais que uma equipe trabalhando em conjunto.

Não só a carência de professores qualificados como também, uma melhor estrutura a oferecer para as crianças que frequentam a educação infantil, também é um desafio. Estrutura e acompanhamento pedagógico fazem parte deste desafio, mesmo que a educação infantil tenha avançado nos últimos anos, torna-se fundamental um diálogo entre pais, professores e sociedade.

Conseguir promover uma educação planejada que faça com que as crianças se sintam parte daquele ambiente também já é um desafioso. As brincadeiras lúdicas desenvolvidas na escola trazem inúmeros benefícios para o desenvolvimento da criança, proporcionando a ela experiências enriquecedoras.

educaçãoinfantil

Como avaliar a educação infantil que seu filho frequenta?

Uma grande preocupação dos pais quando colocam os seus filhos nas creches e escolhinhas, é saber de fato se elas se comprometem com a educação, em proporcionar ambientes onde estas crianças possam se desenvolver de maneira segura e com liberdade em criar e experimentar vivências.

Se você tem dúvidas sobre a educação infantil do seu filho, procure saber se a escola tem um modelo pedagógico que inclua brincadeiras que estimulem a imaginação e memórias das crianças. Observe o espaço da escola, bem como as ferramentas  que as crianças podem utilizar e fique de olho se o seu filho esta crescendo dentro deste ambiente. Observe a forma como ele fala da escola, dos professores e colegas. Se falar bem é porque  é um bom sinal.

E tente fazer parte da escola, participando de reuniões, se colocando a disposição quando os professores e diretores precisarem de uma ajuda. Assim, você estará contribuindo não só com a escola, mas com o desenvolvimento do seu filho.

Angélica Weise , repórter de Santa Cruz do Sul (Rs)

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>