Carreira Profissional – Quando o recomeço é necessário!

Posted By on jan 12, 2015 | 0 comments




Sua Carreira Profissional – Quando o recomeço é necessário!

carreira profissional 2

Carreira Profissional

A rápida evolução tecnológica fez com que o mundo corporativo impusesse concorrências acirradas relacionadas às habilidades técnicas e de relações humanas. Tais disputas e a necessidade de resultados extremamente eficazes em curtos prazos, fizeram com que muitos profissionais que até então possuíam know How compatível fossem substituídos por indivíduos com outros perfis. Não obstante, aposentadorias, desligamentos por motivos diversos, encerramento de atividades, enfim, são vários os motivos para a comum necessidade de recriar a carreira profissional. Conheça algumas dicas que poderão auxiliar em um novo caminho!

Órfãos do novo mundo corporativo

Há algum tempo existiam bons “empregados” que duravam uma verdadeira eternidade em seus empregos e se tornavam “encarregados”. Logo após, com algum lampejo de modernidade vieram os “funcionários” que após um período, se aprovados passavam a “coordenadores”, até que chegamos aos “colaboradores” e os “líderes”, só que agora a “dança das cadeiras” é em ritmo frenético.

A evolução não parou, as instituições financeiras estão cada vez mais informatizadas, necessitando de um staff cada vez menor. As indústrias abrigam máquinas que fazem serviços mais pontuais que os humanos. O comércio tem enorme fatia online não necessitando de vendedores e serviços de apoio e o ambiente virtual é um verdadeiro mundo paralelo que já faz parte da vida de todos.
Neste caminho evolutivo muitos profissionais de excelência foram substituídos por perfis mais arrojados, agressivos ou apenas diferentes. Não existe culpa nisso, pois mesmo com muita tentativa de adaptação, reciclagem e boa vontade não é tão fácil suprir as expectativas de um quase “novo mundo”.

Aqui podemos falar de profissionais graduados, pós-graduados, novos, velhos, acadêmicos, estagiários, trainees, gerentes, diretores, CEO de empresa e quaisquer outros. Não existe uma regra clara para ter ficado órfão no mundo corporativo, assim como não existe posição mais ou menos privilegiada. Depende de muitos aspectos. É muito difícil entrar no mérito e entender as reestruturações pela cabeça de alguns consultores, ou os motivos pela preferência que alguns headhunters tem por um colaborador em detrimento de outro.

Como pensar e recomeçar a carreira profissional de forma eficaz?

Em primeiro lugar nunca se deve dar lugar a sentimentos autodepreciativos. Uma demissão ou ruptura profissional qualquer nem sempre é um atestado de incapacidade, muitas vezes poderá ser de incompatibilidade, o que é bastante diferente e isso pode ocorrer em qualquer momento da carreira. No caso de aposentadoria, ela pode ser até considerada como um “prêmio” plus, mesmo que não seja possível continuar no atual posto.
Por outro lado é necessário que também se faça uma análise fria, não otimista demais tampouco pessimista demais do ocorrido. Com a verificação dos possíveis motivos sinceros. Isso poderá ajudar e muito no futuro próximo.

sua carreira profissional
Vamos a alguns passos importantes e coerentes que poderão servir de base para um bom recomeço ou até mesmo uma “alavancada” profissional:

1) Você sabe qual é o seu real perfil?

Muitas pessoas passam anos fazendo curso superior, depois pós-graduação, mestrado, doutorado, pós-doutorado… trabalhando na área que julgavam ser de acordo exato com seu perfil profissional e depois de muito tempo descobrem-se de certa forma frustradas e até “doentes”, por se desenvolverem e atuarem em profissões ou ramos totalmente opostos às suas habilidades por uma grande parte da vida. São executivos vocacionados à docência, vendedores com habilidades na psicologia, médicos com forte inclinação ao direito, advogados que seriam excelentes veterinários, colaboradores da linha de produção que poderiam estar na controladoria e por ai vai…

É fato comprovado que muitas doenças como a ansiedade, a depressão, o pânico e tantas outras, inclusive alcoolismo e drogas, estão ligadas a profundas inconformidades, principalmente profissionais. Nenhum indivíduo merece o sacrificial esforço de fazer o que não gosta. Portanto descubra qual o seu verdadeiro perfil! Existem profissionais da psicologia laboral que possuem inúmeras ferramentas de análise para tal, inclusive uma pesquisa excelente chamada P.I. (Predictive Inex) que trata do índice de probabilidade de perfil é uma ferramenta muito eficaz para ajudar a descobrir seu perfil correto e aspirações, bem como se você é tecnicamente ou socialmente orientado, sua energia e grau de equilíbrio entre outros fatores.

carreira profissional

 

2) Agora recomece da forma certa!

Se você descobriu que está no caminho correto com as atividades que estava desempenhando então O.K., mas se após verificar friamente que estava no caminho inverso pense um pouco. Talvez seja necessário a tentativa de retornar, por mais um tempo para a atividade, função ou profissão desempenhada até que consiga se adaptar à uma nova profissão ou função, utilizando-se de cursos, sendo autodidata, fazendo uma nova faculdade (indiferente de idade), pois em pouco tempo, dois ou três anos de curso, já é possível, na maioria das vezes passar para a atividade que lhe trás realização. Mas vá de leve! Não se aventure tanto.

Utilize sua rede de amigos, faça endomarketing, distribua currículos bem feitos conforme a área pretendida e com coerência de informações, ou seja, o currículo de um CEO é diferente de um gerente, assim como o de um vendedor é diferente de um analista de crédito. Procure ser seletivo, primeiro os locais em que você já conheça a cultura, a forma de trabalho, as vantagens e que tenham mais haver com você, vá aos poucos revendo as possibilidades.
Procure também a ajuda de agências sérias que tenham mais proximidade de seu perfil, geralmente elas tem profissionais capazes de ajudar em recolocações “corretas”.

3) Se aposentou? Quem sabe home office!?

Se a ruptura em sua carreira se deu devido à aposentadoria os itens anteriores também são válidos, mas algumas possibilidades podem ser interessantes. Conforme o seu perfil é possível aproveitar uma infinidade de trabalhos home ofice, em casa e muitas vezes com altos ganhos financeiros que aliam o prazer do lar… mas priorize seu perfil. Existem franquias excelentes, bem como empresas que valorizam demais a mão de obra de pessoas aposentadas, com uma bagagem de vida corporativa agregando para sua carreira profissional.
Podemos concluir que mesmo com o encerramento das relações de trabalho que podem ter durado muitos ou poucos anos, indiferente da idade, da escolaridade, do sexo e do perfil, existem formas de voltar ao mercado muito mais forte e fazendo o que realmente entrega prazer à vida e jamais esqueça que:… “Sua habilidade natural pode ser a dica de Deus para o trabalho de sua vida!”…

O que achou da nossa postagem sobre carreira profissional

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre Família é Tudo

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo